28.4 C
Guanambi
23.2 C
Vitória da Conquista

Nível do rio São Francisco chega no maior patamar nas primeiras cidades da Bahia

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

O rio São Francisco atingiu seu pico da cheia nas cidades de Malhada e Carinhanha, primeiras a receber suas águas na Bahia. Na manhã desde sábado (29), o nível chegou à cota 8,20 metros (m), um centímetro a mais do que o registrado 24 horas antes.

Apesar da trajetória de subida de nível ser interrompida, o rio deve continuar bastante cheio, perdendo volume aos poucos com o passar dos dias. Nos próximos dias, o nível também vai se estabilizar em cidades como Bom Jesus da Lapa, Ibotirama, Barra e Morpará, até chegar no reservatório da hidroelétrica de Sobradinho.

O Serviço Geológico do Brasil (SGB/CPRM), órgão responsável por monitorar as condições geológicas das bacias hidrográficas, informou no último boletim que o rio poderia chegar à cota de 8,44 m em 96 horas em Carinhanha e Malada, no entanto, esta previsão não deve se confirmar tendo em vista os dados atuais.

Outro indicativo de que o Velho Chico está em seu pico na Bahia é o recuo na cidade de Manga, em Minas Gerais, distante cerca de 50 quilômetros das duas cidades baianas. Lá, a água começou a invadir a cidade por meio de uma lagoa na quarta-feira (26), manteve-se estável entre quinta (27) e sexta-feira (28) e recuou quatro centímetros na manhã deste sábado (29).

Nível do rio São Francisco subiu mais de três metros em Carinhanha e Malhada nos últimos 30 dias.

O nível registrado supera em mais de um metro a marca alcançada na última cheia, em março de 2020, e é o maior desde a cheia de 2007. De acordo com o SGB/CRPM, o rio não atingiu o nível de alerta em Carinhanha, estabelecido em 9,31 m.

A água não chegou a invadir as cidades neste trecho, no entanto, várias comunidades ribeirinhas e moradores de ilhas precisaram deixar suas casas. Além da água do rio, as chuvas de dezembro e janeiro afetaram bastante as estradas rurais e inundaram plantações na zona rural destes municípios.

Em Malhada, o principal acesso ao distrito de Canabrava precisou ser interditado com o transbordamento de uma lagoa que recebe águas do Velho Chico. Já em Carinhanha, o rio Carinhanha alagou uma área quilométrica próximo á foz devido ao sistema de vasos comunicantes dos rios.

Minas Gerais

Em cidades do Norte de Minas, como São Romão, São Francisco e Januária, a cota de inundação foi atingida e apenas em São Romão o nível baixou suficiente para voltar à cota de alerta.

Em São Francisco, a cota chegou a 10,17 m no dia 21. Na manhã deste sábado, o nível estava em 8,62 m, mais de um metro e meio menor oito dias depois do pico.

O nível deve cair ainda mais no decorrer desta semana, com o fechamento gradual das comportas da Usina Hidroelétrica de Três Marias, previsto para ser iniciado nesta segunda-feira (31) e finalizado no dia 4. O reservatório registrou a maior afluência da história no dia 13 e chegou a 94% de sua capacidade. Com a diminuição das chuvas e aberturas das comportas, o nível recuou para 89,3%.

Apesar disso, os modelos meteorológicos indicam que deve voltar a chover de forma significativa nos próximos dez dias em toda a bacia hidrográfica, principalmente no Centro-Oeste e Região Metropolitana de Belo Horizonte, com volumes que podem chegar a 150 mm.

Sobradinho

A Hidroelétrica de Sobradinho continua liberando 4 mil metros cúbicos por segundo (m³/s) no Submédio São Francisco, assim como as demais hidroelétricas à jusante. Esta vazão será mantida pelo menos até terça-feira (1º), quando será feita uma reavaliação.

O volume útil atual é de 67,72% e a afluência é de 5.390 m³/s, com tendência de crescimento nos próximos sete ou oito dias com o avanço da cheia pela Bahia.

Veja também:

Em Bom Jesus da Lapa, nível do rio São Francisco chegou ao maior nível desde 1992

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -