21.5 C
Guanambi
16.5 C
Vitória da Conquista

Coelba flagrou "gatos" de energia em empresas e residências de luxo em Luís Eduardo Magalhães

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Uma operação da Neoenergia Coelba encontrou vários pontos de furto de energia durante inspeções realizadas no município de Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia.

De acordo com a companhia, entre os casos de fraudes encontradas, estão imóveis onde funcionam uma indústria de grãos, uma casa de festas, uma fábrica de rações e três grandes restaurantes de comida japonesa situados no bairro de Jardim Paraíso.

Além disso, duas casas de luxo também foram flagradas furtando energia em operação conjunta com o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e Polícia Militar. Na noite da última quinta-feira (3), o proprietário de uma dessas residências foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos pela prática ilegal.

As descobertas de irregularidades ocorreram durante uma força-tarefa para combater o furto de energia no Oeste da Bahia. A ação em Luís Eduardo Magalhães teve início no dia 24 de janeiro e foi concluída na cidade no último sábado (5).

Nos próximos dias, as equipes seguirão para as cidades de Barreiras e Ibotirama para inspecionar residências, comércios e propriedades rurais, buscando identificar e remover ligações clandestinas.

Chamado de Grupo de Ação Anti-Perdas (GAAP), a operação conta com cerca de 20 profissionais. Somente nas duas primeiras semanas, a Neoenergia Coelba já realizou aproximadamente 1.500 inspeções, identificando mais de 350 irregularidades. A energia recuperada nessas ações seria capaz de abastecer 12 mil residências durante um mês ou toda a cidade de Ibotirama no mesmo período.

Para aumentar a assertividade, as ações são planejadas com dados do centro de inteligência da concessionária, que realizam o mapeamento da região e identificam locais com possíveis irregularidades.

A distribuidora ressalta que cerca de R$ 480 mil referentes a impostos deixariam de ser recolhidos devido a atuação fraudulenta nas unidades flagradas em Luís Eduardo Magalhães. Porém, com a atuação de combate ao furto de energia, esse valor será recuperado e poderá ser revertido em benefício da população.

Crime e denúncias

A Neoenergia Coelba reforçou que o furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até oito anos de reclusão pela prática. Além de ilegal, a prática também coloca a vida da população em risco e prejudica o fornecimento de energia da região, podendo ocasionar interrupções nas localidades.

"Por isso, é importante a denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar a distribuidora. As denúncias podem ser feitas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site da Neoenergia Coelba na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade", diz a empresa em nota.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -