21.8 C
Guanambi
17.2 C
Vitória da Conquista

Três mulheres unidas pela arte geram renda com produção de artesanato em Guanambi

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

Visitar a casa da Djanira Nascimento é encontrar criatividade por todos os cantos, coisa de artesã e do Mimos da Filó. Na verdade, de três artesãs que se unem há cinco anos para falar e fazer arte, criando lindos itens decorativos.

Djanira Nascimento, também é assistente social e produz artesanatos a partir da madeira, pedrarias e reciclados, já compartilhou saberes com grupos de crianças e idosos, ela vê na produção da arte uma maneira terapêutica de promover saúde e bem-estar.

Ela é a Filó, apelido que recebeu ainda criança, mas o Mimos da Filó é de todas. Na última visita do Centro Público de Economia Solidária (Cesol) Sertão Produtivo, não esteve presente a Landa Costa, que integra o trio, pois estava no curso de Radiologia, sua outra atividade.

Já a artesã Leidimar Costa, que realiza customização de imagens, arte sacra, e biscuit contou sobre a trajetória de longa data com os artesanatos. Criativa desde criança, aos 12 anos de idade fazia laços para o cabelo, a partir das manualidades pegou gosto também pelo artesanato.

Leidimar Costa também é professora, compartilhar o que sabe para ela é uma alegria que unem as profissões, já participou de projetos sociais voltados para pessoas em situação de vulnerabilidade. Os artesanatos do Mimos da Filó são comercializados em Guanambi e na capital baiana.

As artesãs acreditam que poderiam ter mais iniciativas de valorização do artesanato no município, relataram sobre a necessidade de espaços disponíveis para exposição e comercialização dos artesãos/artesãs guanambienses, entre a promoção de outros projetos que vislumbre o ensino e o incentivo.

Apoio do Cesol

O Cesol Sertão Produtivo possui o espaço coletivo de comercialização É-Com Rede, onde as novas parceiras se juntarão aos outros grupos da economia solidária para expor os artesanatos. As artesãs estão entusiasmadas com a assessoria do Cesol: “estamos ingressando nessa parceria com o Cesol, a gente estar muito feliz e com uma boa expectativa, quero agradecer às meninas a gentileza e o acolhimento que teveram com o grupo, a gente acredita no leque de novas oportunidades que se abrirá”, comentou, otimista, Djanira Nascimento.

Além de encontrar as artes do Mimos da Filó na É-Com Rede, as artesãs realizam exposições em ateliê próprio compartilhado com a residência da Filó, na Rua Heitor Dias, 249, bairro Bom Jesus, em Guanambi. Impossível não se sentir em casa, e ainda com um atendimento agradável das artesãs, que adoram uma boa conversa.

O Cesol Sertão Produtivo, que é uma política do Governo do Estado, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), e gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável Baiano (IDSB), acredita e trabalha em prol da valorização do trabalho e da arte, por meio de uma economia justa e solidária, prestando assessoria às associações, cooperativas e grupos familiares.

Saiba onde encontrar os artesanatos do Mimos da Filó:

  • É-Com Rede – Rua Primeiro de Maio, 133, Centro. Guanambi, BA.
  • Nas redes sociais: @ecomrede
  • www.ecomrede.com
  • Mais informações: 77 34521676

*Informe produzido pelo Cesol Sertão Produtivo e reproduzido pela Agência Sertão em apoio às ações de Economia Solidária

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -