29 C
Guanambi
24.1 C
Vitória da Conquista

Deputado sugere ao TJ-BA que homenageie o juiz Almir Edson Lélis denominando o Fórum de Guanambi com o seu nome

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

O deputado Jurandy Oliveira (PSB) apresentou, na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), uma indicação sugerindo ao desembargador Nilson Castelo Branco, presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), para colocar o nome do magistrado Almir Edson Lélis Lima ao Edifício-Sede do Fórum da cidade e comarca de Guanambi.

“A homenagem se deve a conduta exemplar do saudoso magistrado que faleceu em novembro de 2020”, disse o deputado, afirmando que “Almir Edson foi um dos fundadores e presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na subseção de Guanambi, advogou por muitos anos na região sudoeste da Bahia, inclusive no já extinto Banco do Estado da Bahia (Babeb)”.

Juiz era natural de Palmas de Monte Alto | Reprodução

Nascido em 1954, em Palmas de Monte Alto, Edson ingressou na magistratura através de concurso público, em 1990, atuando nas comarcas de Igaporã, Riacho de Santana, Carinhanha, Candeias e Guanambi, como juiz titular.

Ele também presidiu as comarcas de Correntina, Cocos, Bom Jesus da Lapa, Juizado Especial de Guanambi, Caculé, Urandi, Jacaraci, além das extintas comarcas de Licínio de Almeida e Malhada.

O magistrado morreu no dia 16 de novembro de 2021. Ele estava internado no Hospital Nova Aliança, em Guanambi, onde se tratava das complicações de um câncer, doença que o acometia há mais de cinco anos.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -