28 C
Guanambi
23.3 C
Vitória da Conquista

Em Guanambi, Lula teve mais do que o dobro dos votos de Bolsonaro

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

Assim como ocorreu em 2018, quando Fernando Haddad (PT) conquistou uma diferença significativa de votos à presidência da república em relação a Bolsonaro (na época no PSL), Lula também derrotou o atual presidente em Guanambi por diferença significativa neste primeiro turno.

Os guanambienses deram 33.200 para lula (64,43%), contra 15.837 (30,73%) de Jair Bolsonaro nas seções eleitorais espalhadas pela sede, distritos e comunidades rurais.

Na Bahia, Lula ganhou em 415 municípios e Bolsonaro em apenas dois, Luís Eduardo Magalhães, no Oeste, e em Buerarema, no Sul Baiano. O petista teve 69,73% dos votos válidos, contra 24,31% do presidente.

Ciro Gomes (PDT) teve 1.235 votos (2,40%), Simone Tebet (MDB) ficou com 823 (1,60%). Na sequência apareceu Soraya Thronicke (União), com 281 votos (0,55%), Felipe D’Avila (Novo), com 93 votos (0,18%), Padre Kelmon (PTB), com 21 (0,04%), Sofia Manzano (PCB), também com 21 (0,04%), Vera do PSTU com 8 votos (0,02%), Léo Péricles (UP), com 7 votos (0,01%) e Constituinte Eymael (DC), com 3 votos (0,01%).

Na eleição passada, no primeiro turno Haddad conquistou 57,24%. Foram 26.750 para o petista e 13.219 votos para Jair Bolsonaro, que ficou com 28,29%.

Em números absolutos, Lula conseguiu 5.440 votos a mais que Haddad na cidade, enquanto Bolsonaro também cresceu, com incremento de 2.618 no primeiro turno. Em termos percentuais, a diferença subiu de 28,95% para 33,7% nas eleições deste domingo.

Em todo o país, Lula obteve 57.258.115 (48,43%), enquanto Bolsonaro conquistou 51.071.277 (43,20%). Os dois irão disputar o segundo turno no dia 29 de outubro.

Também haverá segundo turno para o Governo da Bahia. Jerônimo (PT) terminou a apuração com 4.019.830 votos (49,45%), à frente de ACM Neto (União), que teve 3.316.711 (40,80%).

Fora do segundo turno, João Roma (PL) chegou a 738.311 (9,08%), Kleber Rosa (PSol) teve 48.239 (0,59%), Giovani Damico (PCB) teve 5.951 (0,07%) e Marcelo Millet (PCO) recebeu 826 votos (0,01%).

Em Guanambi, Jerônimo teve 27.198 votos (55,40% ), enquanto ACM Neto teve 16.350 (33,30%). João Roma teve 5.385 (10,97%), Kleber Rosa 117 (0,24%), Giovani Damico 40 (0,08%) e Marcelo Millet (PCO) apenas 2 (menos de 0,01%).

 

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias