24.6 C
Guanambi
18.5 C
Vitória da Conquista

Coopmac premiou melhores cafés finos produzidos no Planalto da Conquista

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

A Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense (Coopmac) premiou, na noite da última sexta-feira (11), os melhores cafés produzidos na região do Planalto da Conquista. O evento aconteceu na Casa Rafik e contou com o apoio da Prefeitura de Vitória da Conquista.

Essa foi a 3ª edição do Concurso Coopmac de Qualidade do Café que foi criado com o objetivo de valorizar a produção de cafés finos na região.

A prefeita Sheila Lemos prestigiou a entrega da prêmio e, em seu discurso, destacou a parceria do concurso com a Prefeitura.

“Entendemos que esse é um evento belíssimo, que tem buscado consolidar uma cultura cafeeira de qualidade aqui no Planalto. E eu diria que a diferença para isso está no amor que se coloca desde o cultivo. Meu desejo é que cada vez mais tenhamos cafés de qualidade sendo cultivados aqui para levarmos para a Bahia e para o mundo”, afirmou Lemos.

Café fino - 1º colocado em Vitória da Conquista
Reprodução

A parceria para o fortalecimento da cultura cafeeira na região foi reconhecida pelo presidente da Coopmac, Gilmar de Oliveira. “Contar com o apoio da Prefeitura é de fundamental importância. Temos muito que agradecer, e quando digo nós, não é simplesmente a Coopmac, mas a região porque é uma tentativa de fortalecer essa marca de cafés finos para a região, para nos consolidarmos nessa área”, enalteceu Oliveira.

De acordo com Gilmar, nesta edição, foi perceptível a evolução do concurso, no que diz respeito à qualidade dos cafés. Ao todo, foram 69 amostras inscritas. Destas, 30 foram selecionadas por árbitros degustadores profissionais, das quais foram extraídas as dez melhores premiadas na noite da última sexta-feira.

O primeiro lugar ficou para Rosa Nizia Antunes (Fazenda Duas Barras/Encruzilhada), que participou pela segunda vez da competição. O café vencedor, que obteve nota 86 dos árbitros, foi definido por eles como um café com notas de frutas secas e chocolate meio amargo, de aroma frutado e que atingiu o ápice da maturação.

Rosa não pôde estar presente, mas foi representada por seu filho, Rosivaldo Brito, que definiu o momento: “É uma emoção muito grande, sabemos que a produção exige muito, foi um ano difícil com chuvas irregulares, a seca, mas aqui está a grande premiação, que nos move”. Ele recebeu a premiação das mãos da prefeita Sheila Lemos.

O 2º e 3º lugares ficaram, respectivamente, para Vinícius de Brito Rodrigues (Fazenda Santa Rita II/Barra do Choça) e Flávia Rebouças (Fazenda de Coronel/Vitória da Conquista).

Também prestigiaram a premiação, a secretária de Governo Geane Oliveira e os secretários Luis Paulo Sousa, do Desenvolvimento Rural, Giorlando Lima, da Comunicação, e Lucas Dias, do Gabinete Civil, Lucas Dias, entre outros membros do Governo Municipal.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias