23.9 C
Guanambi
19.8 C
Vitória da Conquista

Como se manter anônimo online sem quebrar a lei?

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

É possível manter o anonimato online e esconder sua atividade, protegendo sua identidade, localização e demais informações. No entanto, é difícil.

Convém alertar que “anonimato” e “privacidade” na internet não são sinônimos – manter o anonimato significa esconder seus dados e atividades da internet, de modo a não ser rastreado nem pelo Google, por exemplo. Já proteger sua privacidade é esconder sua informação de terceiros, de forma a só você conseguir acessar, apesar de os dados se manterem nos “servidores” da internet.

Como é que sua atividade é rastreada?

Começamos pela ISP (Internet Service Provider), que é sua fornecedora de internet. Quando se liga à internet através de seu modem/router, é criado um endereço IP – e quem conseguir ver o seu IP consegue, também, identificar sua ISP. Se praticar atos ilegais através deste, corre mesmo o risco de ter a polícia à sua porta, a qual poderá solicitar à ISP um histórico de sua atividade online.

Depois, temos os websites. Sabe aquele videojogo que viu à venda num website e que, do nada, aparece em todo o lado, em forma de anúncios?

Muitos websites, quando os visita, coletam informações suas através de cookies, que rastreiam sua atividade e lhes fornece informações como: quanto tempo você demorou no website deles, se fez login através de redes sociais, em que links clicou e aquilo que pesquisou, páginas que visita, sua localização, navegador, sistema operativo, e até mesmo o nível de bateria do seu portátil.

Isso não significa que todas as cookies são más, aliás, algumas são necessárias para simplificar sua navegação – só assim pode acessar contas sem colocar sua senha, colocar produtos nos carrinhos de compras, etc. Só as “cookies de terceiros” é que monitoram sua atividade em todos os websites, tendo estas sido banidas pelo Google em 2022.

E, quando se conecta a um Wi-Fi gratuito, você também corre o risco de ver suas informações rastreadas, desde seu histórico a informações bancárias, por hackers.

Técnicas para manter o anonimato

Existem diversas formas de se manter anônimo na internet, umas simples, outras complexas.

  1. Encriptação de mensagens

Instale uma app de mensagens encriptadas, como o Signal, que não permite à empresa proprietária ver suas chamadas e mensagens ou controlar sua atividade.

  1. Encriptação de navegador

Use um bom navegador encriptado, que não colete tantas informações quanto o Google. Em nossa opinião, o Tor é uma excelente opção para você, por ser um navegador seguro que encripta seu endereço IP e atividade, dificultando à sua ISP (ou mesmo a um hacker) o rastreio de sua atividade.

Essa encriptação não envolve outras plataformas e aplicativos que utilize – para isso, necessita de um VPN.

Não esqueça também de procurar acessar apenas websites cujos URLs comecem por «HTTPS», por serem mais seguros.

  1. VPN

Utilize um VPN (Virtual Private Network) gratuito¸ que encripte o que você faz na internet, mantendo você no anonimato e seus dados e atividade privados, até mesmo de sua ISP.

Atenção: a ISP sabe que você está usando um VPN, não conseguirá rastrear sua atividade por causa dele. Além disso, apesar de o VPN esconder sua atividade de terceiros, existem suspeitas de que este mantém seus históricos de atividade, podendo ser intimado a fornecê-los em caso de crime. Deve, por isso, optar por um VPN que lhe confira segurança.

  1. Motor de Busca

Faça pesquisas num motor de busca focado na privacidade, como o DuckDuckGo ou StartPage, em lugar de motores como o do Google, que associa suas pesquisas ao endereço IP e utiliza cookies para rastrear sua atividade.

  1.  Wi-Fi público

Para evitar o rastreio de sua atividade pela ISP, pode optar por utilizar um Wi-Fi público, com cuidado para evitar transmitir informações pessoais através deste, por causa dos hackers. A melhor estratégia, aqui, seria a de usar um endereço IP falso (consegue fazê-lo através de um VPN), conectar a um Wi-Fi público, conectar a um VPN e navegar através do TOR.

  1. Extensões

Use extensões de navegador que protejam sua privacidade, impedindo o rastreio de sua atividade, como as extensões NoScript, Ghostery, HTTPS Everywhere e Privacy Badger. Utilize também Adblockers e desative o Javascript do seu navegador.

  1. E-mail

Use e-mails descartáveis para se registrar em websites, que não possuam qualquer informação a seu respeito.

Do mesmo modo, use serviços de e-mail seguros, que não armazenem informações.Por exemplo: ProtonMail e Tutanota.

  1. Outras Dicas

Evite os Assistentes de Voz, que contêm microfone e gravam suas interações.

Verifique as permissões de suas apps e reveja políticas de privacidade. Não aceite quaisquer termos e condições sem ler primeiro.

Utilize um gerenciador de senhas que crie um código de acesso autônomo para cada plataforma, sem necessitar memorizá-los.

Conclusão

É impossível você se tornar completamente invisível no mundo da internet, no entanto, através das técnicas que apresentamos, você consegue tornar bastante difícil seu rastreio.

O que leva você a querer manter o anonimato na internet? Que ferramentas que indicamos decidiu implementar?

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias