29.8 C
Guanambi
23.5 C
Vitória da Conquista

Conselho da Uneb aprova dois novos cursos vinculados ao Campus XII em Guanambi

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

Em sua última reunião do ano, nesta quarta-feira (28), o Conselho Universitário (Consu) da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) aprovou diversas alterações na vida institucional da universidade. Dentre elas, estão a criação de um novo departamento, de um programa de doutorado profissional e de novos cursos vinculados ao Campus XXII de Guanambi.

O Consu aprovou, por unanimidade de votos, a criação do Departamento Multidisciplinar de Ciências e Educação (DMCE), no Campus de Lauro de Freitas. Esse será o 31º departamento da universidade.

Outras decisões importantes foram a aprovação do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da universidade para o período 2023-2027 e do primeiro doutorado profissional em Educação e Diversidade da instituição, a ser ofertado no Campus IV, em Jacobina.

A última sessão do Conselho neste ano, ocorreu via webconferência e com transmissão ao vivo pelo canal da TV UNEB no YouTube, foi coordenada pela reitora Adriana Marmori, presidente do Consu, com o apoio da vice-reitora Dayse Lago e participação de cerca de 45 conselheiros.

Da alçada da Câmara para Assuntos de Administração (CAD), foram também aprovados em decisão unânime o projeto do curso de licenciatura em Agroecologia – de oferta especial na Escola Família Agrícola, em Riacho de Santana, sudoeste da Bahia, vinculado ao departamento do Campus XII, em Guanambi – e a criação do curso de especialização em Docência na Educação Infantil, igualmente no Campus XII.

Outra deliberação unânime da plenária, com base em parecer da CAD, foi a ampliação, para todos os sistemas da UNEB (era aceito apenas no portal acadêmico Sagres), do uso do nome social para reconhecimento da identidade de gênero.

Outras temáticas aprovadas pela plenária foram a criação do Programa de Apoio às Brinquedotecas da UNEB e de deliberações que aprimoram a organização das ligas acadêmicas e das empresas juniores da universidade.

Os conselheiros ainda aprovaram, por unanimidade, outras resoluções da pauta, algumas delas autorizando a criação de programas de pós-graduação stricto sensu em campi do interior do estado e na capital:

– pós-graduação stricto sensu: em Estudos Africanos e Representações da África, no Campus XV, em Valença; em Agronomia (PPGAgro), modalidade profissional, no Campus IX, em Barreiras; em Ensino na Educação Básica (PPGEB), no Campus XVIII, em Eunápolis; em História Social (PPGHS), no Campus XIV, em Conceição do Coité; e em Sistemas Inteligentes e Robótica (PPGSIR), associação entre a UNEB (Campus I, em Salvador) e a Universidade Federal do Recôncavo do Bahia (UFRB/Cetec, em Cruz das Almas).

Também foi autorizada a criação dos cursos de graduação em Administração a ser ofertado no Campus XVI, em Irecê, e em Direito, no Campus XII, em Guanambi, em cooperação interdepartamental com o Campus IV, em Jacobina.

Em um balanço acerca do ano acadêmico, a reitora da Uneb, Adriana Marmori, comentou que este foi um ano desafiador para a universidade, com o retorno das atividades presenciais pós-pandemia, que demandou intenso trabalho para melhor acolhimento da comunidade acadêmica.

A reitora destacou, ainda, que, na área da infraestrutura, em 2022 foram executadas 33 reformas em diversos campi e concluídas três obras iniciadas, além da substituição da parte elétrica de grandes projetos.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias