33.8 C
Guanambi
26.2 C
Vitória da Conquista

Carro fumacê inicia pulverização em 40 bairros e loteamentos de Vitória da Conquista

Mais Lidas

Nesta terça-feira (27) chegaram em Vitória da Conquista, dez carros fumacê. Os veículos foram entregues após solicitação feita pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) à Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), para prestar apoio nas ações de combate às arboviroses, diante do aumento das notificações nas últimas semanas.

De acordo com informações da Secretaria, o processo de pulverização de inseticida de ultrabaixo volume (UBV) já começou em 40 bairros e loteamentos da cidade com maior número de notificações.

Os moradores devem manter portas e janelas abertas durante a passagem do fumacê para aumentar a eficácia do produto, que é inofensivo aos seres humanos e age somente na eliminação dos insetos adultos com asas.

Confira as localidades que farão parte da rota dos carros fumacê:

Foto: Reprodução/ Prefeitura de Vitória da Conquista

Até o dia 13 de março serão realizados cinco ciclos de trabalho em cada bairro, com intervalo de três dias entre os ciclos, das 5h às 7h30, e das 16h30 às 20h, acompanhando os hábitos do mosquito. Os veículos estão autorizados a transitar pelas ruas em qualquer sentido das vias (mão e contramão), com pisca alerta ligado, em velocidade de 15 km por hora. A operação é totalmente executada pelas equipes da Sesab.

Serão, aproximadamente, 2.500 hectares de área trabalhada pelo fumacê, equivalente à metade da cidade, alcançando mais de 110 mil imóveis. Cerca de 1.670 litros de inseticida serão utilizados no processo de nebulização.

Dos meses de agosto a novembro de 2023, os carros fumacê estiveram no município fazendo o trabalho de bloqueio em 95% do território urbano. Essa é uma modalidade que possui critérios restritos para ser liberada pela Sesab, por ser agressiva ao meio ambiente, pois nesse processo acaba eliminando também outras espécies de insetos que possuem asas.

“O fumacê é um recurso restrito que elimina somente os mosquitos na fase adulta e só isso não vai resolver o problema. A principal forma de eliminar as larvas e a proliferação do mosquito é com os hábitos preventivos dentro de casa. Precisamos do apoio da população nessa luta”, disse o coordenador de Endemias do município, Joseilton Lima.

O papel mais importante ainda é de cada cidadão, que pode contribuir com pelo menos cinco minutos do dia, com pequenas ações de combate, fazendo a verificação dos quintais para evitar o acúmulo de água parada que favoreça a proliferação do mosquito e evitando o descarte incorreto de lixo nas vias públicas.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas