Anúncio

O Instituto Federal Baiano, Campus Guanambi, realizou o I Simpósio de Manifestações Culturais: da memória cultural à formação identitária guanambiense – diversidade e resistência, no último dia, 03, com a participação de cidadãos atuantes em diversos segmentos das culturas: Terno do Sol, Samba de roda Vai de Virá, Reisado e Capoeira. O evento foi coordenado pela professora MSc Sílvia Lima.

Contou com a rica e estimável presença do artista: músico e compositor Anderson Cunha. O referido Guanambiense possui rica e aprofundada pesquisa acerca das diversas formas e historicidade do reisado no Sertão Produtivo. Imersos de curiosidade, encantamento e descobertas, os estudantes apreciaram a fala sapiente do Sr. Alziro – coordenador do Terno de Reis de Morrinhos, morador nesse Distrito de Guanambi: em seus vívidos e atuantes 89 anos, emocionou a plateia, ao abordar a sua longa experiência cultural com a Folia de Reis. Também os contagiou ao expor os significados, o prazer, amor e fé na realização dos festejos dessa cultura.

Nesse cenário fértil, o sábado se fez de memória, cultura e história – aspectos relevantes visto que se mesclam, ressignificam e resistem aos muitos desafios da pós- modernidade.
Assim, os momentos traduziram aos educandos presentes a essência e a importância da preservação das diversas culturas, ainda que sob os muitos seus desafios trazidos pela globalização e pelos processos tecnológicos.

Anúncio

Deixe uma resposta