Imagem Ilustrativa

Da Redação da Agência Sertão

Um jovem morreu e dois adolescentes foram apreendidos no final da noite desta quarta-feira (7), numa ação da Polícia Militar.

Segundo a Polícia Civil, a central de informações da Polícia Militar recebeu a denúncia que disparos de arma de fogo estavam sendo efetuados na rua Pedro Cardoso, no bairro Villa Nova. Ao chegarem no local, os policiais da CETO (Companhia de Emprego Tático Operacional), avistaram dois menores entrando em um residência, com o apoio de outra viatura, um cerco foi realizado e os dois menores foram apreendidos portando um revólver e uma pistola de uso restrito.

Um terceiro indivíduo, identificado pelo apelido de Felipe Xará, tentou fugir, subindo no telhado e pulando muros. Segundo os polícias, o jovem que não teve a idade revelada, resistiu à ação policial, efetuando disparos contra os polícias. Os policiais revidaram e acabaram acertando o jovem.

Ainda segundo os policiais que participaram da ação, eles tentaram socorrer Felipe, mas ele acabou morrendo no local. Ele estava de posse de um revólver calibre 38.

Segundo coordenador da 22ª Coorpin, delegado Clécio Magalhães, a arma encontrada com Felipe foi usada no homicídio de César Azevedo Santos, 25 anos, ocorrido em 30 de setembro do ano passado. Ainda segundo o delegado, Felipe é suspeito de outros homicídios na cidade.

Foto: Polícia Militar

Os menores apreendidos e as armas foram encaminhados para a delegacia. O corpo de Felipe foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) para necropsia. O delegado da Polícia Civil registou a ocorrência de morte decorrente de ação policial.

Deixe uma resposta