Reprodução

O vereado Arnaldo Azevedo (PSDB), divulgou na manhã desta quarta-feira (9), um vídeo onde denuncia que trabalhadores e máquinas da prefeitura estariam realizando um serviço que deveria ser realizado por um empresa contratada para essa finalidade.

A obra em questão é a reconstrução da laje do canal da Av. Senador Nilo Coelho. A laje desabou em setembro do ano passado. Três pessoas caíram no canal com o desabamento, um idoso morreu dias após o ocorrido devido a complicações causada por um ferimento. 

A empresa “Queiroz Pimentel Execução de Serviços Ltda” venceu o processo licitatório para realizar o serviço ao custo de aproximadamente R$ 93 mil. Entre os serviços contratados, a demolição e a remoção do entulho foram orçados em pouco mais de R$ 6 mil. A obra foi iniciada nesta semana e o prefeito Jairo Magalhães visitou o local nesta quarta-feira.

ColaboreSe você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante. .

Procurada pela reportagem da Agência Sertão, a Assessoria de Comunicação da prefeitura de Guanambi informou que “o vereador não procurou se informar verdadeiramente da questão”. Segundo a assessoria, a maquina da prefeitura fez apenas uma pequena intervenção e todo o restante do serviço está sendo feito pelas máquinas da empresa, que para o inicio imediato estava com problemas mecânicos.

A Assessoria informou ainda que a pequena intervenção feita pela maquina da prefeitura será descontada dentro da planilha e que o valor correspondente do serviço não será pago para a empresa.

Deixe uma resposta