Reprodução

Um incêndio atingiu o alojamento utilizado pelo time do Bangu na Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), no Campo dos Afonsos, na Zona Oeste do Rio, na tarde desta segunda-feira (11), e deixou ao menos nove pessoas feridas.

Dois jogadores e um militar foram socorridos e levados para o Hospital da Aeronáutica, enquanto outros cinco atletas e um membro da comissão técnica precisaram receber atendimento médico e foram liberados.

Segundo o Bangu Atlético Clube, Diego Casco, lateral-esquerdo de 18 anos, foi atendido e liberado e Mattheus Rocha, zagueiro de 18 anos, seguirá em observação por ter inalado fumaça, mas não corre risco.

Os jogadores do time sub-20 estavam descansando após o treino e a refeição, quando o fogo começou, e o soldado se feriu ao tentar socorrer os atletas. As causas do incêndio estão sendo investigadas.

A equipe de futebol da Zona Oeste da cidade estava treinando no CDA, local que abriga estruturas como o Centro Olímpico de Treinamento da Aeronáutica (COTA) e recebe atletas de vários países.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

O incidente com jogadores do Bangu ocorreu poucos dias depois de uma tragédia com outro time carioca, o Flamengo. Na sexta-feira (8), um incêndio no alojamento das categorias de base do clube, no Ninho do Urubu, causou a morte de dez garotos e deixou outros três feridos. Os jogadores de 14 a 17 anos dormiam em um contêiner. A possível causa do incêndio foi um curto circuito no aparelho de ar condicionado.

Com informações do G1

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui