Divulgação PRF

Nesta terça-feira (26), foi iniciada pela Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público Federal a Operação Rota Segura: Transporte Escolar nas BRs 030 e 122, com o objetivo de fiscalizar o transporte municipal de estudantes na região do município baiano de Guanambi.

Somente na tarde de ontem, os órgãos flagraram infrações que põem em risco a vida dos estudantes transportados, bem com a circulação de veículos inadequados para a prestação do serviço.

Além da fiscalização, foram promovidas ações educativas para alunos e professores de escolas públicas com o objetivo de sensibilizar a população sobre os riscos das condutas inadequadas no trânsito, sobretudo quando se trata de transporte escolar. Mais de 300 alunos foram alcançados com as palestras. Na oportunidade, também foram realizadas vistorias nos ônibus de transporte escolar que buscaram os alunos no local.

*Risco à segurança dos alunos –* a partir das inspeções feitas nos veículos, tanto nas rodovias quanto nas escolas, o MPF e a PRF flagraram inúmeras irregularidades, tais como: falta de cinto de segurança; superlotação dos veículos de transporte escolar; veículos em estado precário de conservação, com para-choque e outros componentes danificados ou enferrujados; falta de tacógrafo – instrumento que registra tempo de uso, distância percorrida e a velocidade praticada; falta de faixa de identificação de uso escolar – faixa amarela “ESCOLAR”; motorista sem carteira de habilitação adequada (D); falta de curso especial de condução de escolares e vistoria do Detran (Departamento Estadual de Trânsito); atraso reiterado na chegada à escola e falta de controle dos motoristas e veículos que prestam serviço.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

*Educação para o Trânsito –* o Cinema Rodoviário realizado pela PRF, durante as ações de fiscalização, faz parte do projeto Educação para o Trânsito do órgão, que visa orientar e sensibilizar a sociedade acerca da necessidade de adoção de atitudes positivas para a construção de um trânsito mais seguro e assim, garantir a proteção da vida.

Outros municípios baianos também deverão ser fiscalizados ao longo deste ano, por meio da atuação conjunta entre o MPF e a PRF.

Com Informações da Agência PRF

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui