Reprodução

O prefeito da cidade de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), confirmou que reduzirá seu próprio salário, do vice-prefeito Édio Pereira e dos secretários municipais em 50%, devido a pandemia de Covid-19.

A confirmação ocorreu em entrevista ao site Achei Sudoeste, em sua fala, o prefeito ressaltou que apesar do valor ser considerado baixo em termos de economia, o ato é um exemplo a ser seguido. “É um momento de austeridade. Como que a gente pode querer cobrar sem dar o exemplo? Alguns vão discordar e dizer que isso não representa muito em termos de economia, mas ainda que represente pouco em termos de dinheiro representa muitos em termos de exemplo”.

Em algumas cidades do Brasil governantes estão tomando medidas como esta, como em Taubaté–SP, o prefeito Bernardo Ortiz Junior reduziu seu salário e de comissionados em 20%.

Em cidades da Bahia outras ações foram tomadas em decorrência da pandemia, em Itagibá a prefeitura decidiu antecipar o pagamento dos salários dos profissionais da saúde referentes ao mês de março, segundo o prefeito Gilson Fonseca a ação é tomada diante da sensibilização com a situação provocada pelo novo coronavírus.

Na cidade de Brumado, segundo Eduardo Lima Vasconcelos, a medida pode valer até 90 dias à depender dos efeitos da paralisação.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui