Divulgação

Foi deflagrada, na manhã desta segunda-feira (14), em Carinhanha (BA) a “Operação Bismak” que cumpriu mandado de prisão preventiva contra Donizete Rodrigues Lopes, de 40 anos, foragido da justiça do Distrito Federal (DF) desde 2019.

Rodrigues foi acusado de roubo seguido de morte (latrocínio) no ano passado, em Itapoã/DF.

A ação foi executada por equipes das Polícias Civil da Bahia e do DF – 22ª Coordenadoria de Polícia do Interior (22º Coorpin)/Guanambi (BA), DT de Carinhanha (BA), Divisão de Operações Aéreas da PCDF e 6ª DP de Tapoã/DF respectivamente.

Conheça o caso

No dia 2 de dezembro de 2019, em Itapoã/DF, Donizete Rodrigues e Elias Junio Barreira da Silva, subtraíram mediante violência exercida com o emprego de arma de fogo, os valores contidos no caixa registrador de uma empresa, causando a morte do proprietário do estabelecimento comercial, Bismak Silvano de Souza.

Após investigação de autoria da Delegacia de Carinhanha, foi apurado que o foragido estava escondido na zona rural de Carinhanha (BA), povoado Marrequeiro, uma vez que no mês de agosto/2020, a autoridade Policial local priorizou a análise e conclusão de procedimentos antigos (2013, 2014 e 2015), tendo indiciado 25 pessoas.

Uma delas era Donizete Rodrigues, que foi indiciado pelo crime de receptação de veículos. Ao apurar sua vida pregressa, o Delegado Paulo Henrique de Oliveira verificou extensa ficha criminal (roubo, organização criminosa, receptação, porte ilegal de arma, etc.) e um mandado de prisão em aberto, razão pela qual foi informado à PCDF.

O nome da operação faz referência à vitima fatal do latrocínio.

* Com informações do portal Folha do Vale

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui