Justiça

Bahia tem primeira confirmação de condenação em segunda instância por crime de intolerância religiosa

Publicado por
Tiago Marques
Compartilhado

Uma mulher denunciada pela prática de crime de intolerância religiosa teve sua condenação confirmada, em segunda instância, no Tribunal de Justiça da Bahia. Segundo o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), Edneide Santos de Jesus terá que prestar serviços à comunidade e se apresentar mensalmente à Justiça.

Ainda segundo o órgão, essa foi a primeira confirmação de condenação em segunda instância na Bahia por crime de intolerância religiosa. Edneide Santos foi denunciada em 2015 pelo Ministério Público estadual acusada de praticar discriminação religiosa contra a ialorixá Mildredes Dias Ferreira, Mãe de Santo do Terreiro Oyá Denã, que morreu há seis anos.

Segundo o acórdão, ela hostilizava a ialorixá e religiosos em sucessivos abusos racistas e foi condenada pela prática do crime de racismo, na forma de preconceito religioso, tipificado no art. 20, da Lei 7.716/1989. O MP-BA sustenta que Edneide Santos não somente utilizava palavras depreciativas referentes à religião com a intenção de ofender a honra de vítima específica mas, segundo a denúncia, “tratava-se de verdadeira prática, induzimento e incitação ao preconceito e intolerância religiosa, uma vez que os ofendidos seriam toda a coletividade praticante do candomblé”.

Na sentença, o Tribunal de Justiça da Bahia decidiu que “a conduta representa injustificável menosprezo e preconceito dirigido, intencionadamente, contra toda a coletividade praticante do candomblé, havendo suficiente comprovação de que as expressões utilizadas pela apelante, tais como “sai satanás” (sic), “queima satanás” (sic), implicam na exortação de indiscutível carga negativa quanto à referida religião de matriz africana”.

Esta postagem foi modificada pela última vez em 11 de junho de 2021 03:23

Tiago Marques
Publicado por
Tiago Marques

Notícias recentes

Identificado empresário que morreu afogado em reservatório de água em Vitória da Conquista

Foi identificado o empresário de 49 anos vítima de afogamento na noite desta quarta-feira (19),…

Dois afogamentos foram registrados em Vitória da Conquista nesta quarta-feira

Um homem de 34 e outro de 49 morreram afogados em Vitória da Conquista nesta…

Justiça determinou que barraca de baiana do acarajé retorne seu local de origem em Caetité

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) determinou, por meio de uma Tutela Cautelar de…

FIB 2022 confirma shows de Alok, Dilsinho e Paralamas do Sucesso em Vitória da Conquista

A organização do Festival de Inverno Bahia (FIB 2022) anunciou mais três atrações do evento,…

Comportas da Usina da Pedra foram fechadas em Jequié

Com a diminuição das  chuvas na Bacia Hidrográfica do Contas, a Companhia Hidro Elétrica do…