20.9 C
Guanambi
17.1 C
Vitória da Conquista

Caetité receberá unidade móvel de atendimento às mulheres vítimas de violência na próxima semana

Mais Lidas

https://materiais.henet.com.br/guanambi

A partir da próxima terça-feira (23), Caetité irá receber a Unidade Móvel de Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência. Os agentes do projeto estarão no município durante a próxima semana, atendendo as comunidades da sede e da zona rural.

O objetivo da proposta é promover um melhor atendimento e encaminhamento mais humanizado às vítimas de violência doméstica e de gênero, fortalecer as redes locais de enfrentamento à violência, ampliar os serviços públicos e atender, especialmente, as mulheres rurais, marisqueiras, indígenas e quilombolas em situação de violência.

Nas Unidades Móveis são realizados gratuitamente serviços de acolhimento, apoio psicológico, atendimento jurídico e social às mulheres por meio de uma equipe capacitada para encaminhar as demandas à rede referenciada local.

Unidade Móvel de Atendimento Às Mulheres Vítimas de Violência Caetité 2022
Divulgação

O ônibus é equipado com salas fechadas para garantir privacidade às mulheres. Elas podem ser atendidas por psicóloga, assistente social e advogada de forma discreta e segura.

Confira a lista dos locais e horários de atendimento:

  • Dia 23/08 (terça-feira): Maniaçu, com atendimento às 8h30 em frente ao PSF;
  • Dia 23/08 (terça-feira): Aroeira, com atendimento às 14h na Praça da Igreja;
  • Dia 24/08 (quarta-feira): Santa Luzia, com atendimento às 8h30 na Praça Principal;
  • Dia 24/08 (quarta-feira): Sede, com atendimento às 14 na quadra do Colégio Manoel Lopes, saída para Maniaçu;
  • Dia 25/08 (quinta-feira): Brejinho das Ametistas, com atendimento às 8h30 em frente ao PSF.

As Unidades Móveis de Atendimento às Mulheres foram lançadas na Bahia em março de 2014, fruto de uma parceria entre os Governos Federal e Estadual, por meio do programa ‘Mulher Viver sem Violência’. Essas unidades integram as ações do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, chegando a povoados e localidades do interior do estado.

Todos os casos de violência são atendidos por uma equipe multidisciplinar e encaminhados para rede de enfrentamento à violência por agentes capacitados e especializados para dar continuidade no acompanhamento dos casos.

Em caso de violência contra a mulher, procure ajuda, disque 180.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas Notícias