32.2 C
Guanambi
23.4 C
Vitória da Conquista

Cidades da Bahia voltaram a ficar entre as mais quentes e secas do Brasil nesta terça

Mais Lidas

O calor voltou forte a algumas regiões da Bahia nesta semana. Nesta segunda-feira (25), a máxima registrada em Ibotirama, no Vale São Francisco, foi de 41ºC, a maior do Brasil nas localidades monitoradas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Já nesta terça-feira (26), a máxima na cidade foi de 40,4ºC, a maior do país novamente, desta vez empatada com São João do Piauí, que alcançou a segunda colocação no dia anterior.

Outras cidades baianas apareceram novamente no levantamento do Inmet, publicado pouco antes das 16h. Em Bom Jesus da Lapa, também no Vale São-Franciscano, a máxima foi de 40,1º, e em Santa Rita de Cássia, no Extremo-Oeste, foi de 40ºC. Outras duas cidades do Piauí completam a lista – Corrente, com 40,2ºC, e Gilbúes, com 39,8ºC.

A Bahia também ficou nos primeiro lugares no ranking da baixa umidade relativa do ar. Quase 200 municípios do estado estavam em situação de alerta por conta destas condições.

A cidade mais seca do país foi Piatã, na Chapada Diamantina, com índice de apenas 11% de umidade. A localidade, que costuma ser uma das mais frias do estado, registrou mínima de 16ºC e máxima de 33,6ºC.

Santa Rita de Cássia e Ibotirama também apareceram nesta lista, com índices de 17% e 18% respectivamente.

Previsão

As previsões mais recentes indicam que o calor deve continuar forte nestas regiões da Bahia por mais algumas dias. A partir de quinta (28) ou sexta (29), as condições devem voltar a ficar favoráveis para ocorrência de chuvas, com previsão de precipitações em todo o estado entre os dias 30 e 31, e chances de chuvas volumosas na metade sul e no oeste da Bahia na primeira semana de janeiro.

Veja também:

Divulgada a previsão do tempo do Inmet para o mês de janeiro em todo o Brasil

Notícias Relacionadas

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Últimas