Reprodução
Anúncio

A agência do Banco do Brasil de Malhada, no Vale São-franciscano da Bahia, segue fechada há 10 meses. O ataque criminoso que destruiu a agência aconteceu no dia 6 de dezembro de 2017. Os moradores disseram a reportagem do portal Folha do Vale, que estão tendo dificuldades para realizar saques e depósitos, já que eles precisam ir até o município de Carinhanha.

De acordo com comerciantes ouvidos pelo veículo, o fato de não ter dinheiro circulando na cidade tem criado transtorno. “Imagina você sair de Malhada para sacar dinheiro em Carinhanha ou Guanambi, você aproveita para comprar lá mesmo. A inadimplência cresceu”, disse um comerciante.

Em julho, o superintendente Estadual do Banco do Brasil, Carlos Motta da Silva, esteve na cidade de Malhada, para tratar da reabertura da agência bancária, mas não garantiu a reabertura. Na oportunidade, Carlos afirmou que naquele momento seria impossível garantir o início das obras da agência.

Em conversa com a reportagem do portal Folha do Vale, Jussara Barbosa, secretária-geral do Sindicato dos Bancários da Bahia, afirmou que não há preocupação por parte do banco em reabrir as agências. Para ela, o povo precisa fazer uma mobilização e pressionar os políticos.

Com Informações do Portal Folha do Vale

Anúncio

Deixe uma resposta