29.7 C
Guanambi
25.9 C
Vitória da Conquista

Brumado: MP-BA pede suspensão de seleção para 71 vagas sem concurso público

9,063FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Advertisement

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) ajuizou uma ação civil pública para que a Justiça suspenda o processo seletivo simplificado para preencher 71 vagas temporárioas em Brumado, no Sudoeste do Estado. Segundo o promotor Ruano da Silva Leite, autor da ação, simultâneamente, o município publicou a realização do concurso para 39 vagas, sendo que alguns dos cargos apresentam pagamento de salário inferior em relação a mesma função constante do processo seletivo. “Na tentativa de resolução consensual do problema, o MP reuniu-se por três vezes com o Município, inclusive apresentando minuta de termo de ajustamento de conduta, sendo o acionado reiteradamente alertado acerca da ilegalidade e da imperiosa necessidade de anulação da seleção”, afirmou o promotor de Justiça.

O documento pede que a Justiça obrigue o município de Brumado a não efetuar ou prorrogar a contratação de servidores para postos de saúde, hospitais, postos do Programa Saúde da Família (PSF), Centros de Atendimento Psicossocial (CAPs), Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ou qualquer outro programa e estratégia que possa oferecer estabilidade, com exceções em que seja necessário contratação em caráter emergencial. A promotoria ainda pede que seja restituído os valores pagos pelos candidatos para a participação no processo seletivo nº 005/2017.

- Advertisement -
Brumado: MP-BA pede suspensão de seleção para 71 vagas sem concurso público

Deixe uma resposta

Relacionadas