Reprodução | Alerta ;bahia

Uma mulher foi resgatada por um barqueiro na noite de terça-feira (28), no Rio São Francisco, em Carinhanha. A vítima afirmou aos policiais que foi jogada da ponte Guimarães Rosa por Vanrley Silva Teixeira, de 25 anos.

Segundo informação da Polícia Militar ao portal Folha do Vale, no momento em que foi resgatada pelo barqueiro, a mulher estava presa a um galho de árvore ao lado de um dos pilares da ponte.

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital Maria Pereira Costa, em Carinhanha. Ainda na madrugada, ela foi transferida para o Hospital Municipal Milton Farias Dias Laranjeiras, em Palmas de Monte Alto.

Em conversa com os agentes da 3ª CIA, a vítima disse ser moradora do bairro Barrinha, em Palmas de Monte Alto, mas foi até Carinhanha com o suspeito para conversar sobre a gravidez.

Ela disse ainda aos agentes que, eles decidiram retornar para Monte Alto antes de entrar na cidade. “Depois de passar pela barreira sanitária ele [Varnley] parou o carro na parte mais alta da ponte. Quando eu desci fui jogada de uma altura de mais de 25 metros. Como não sei nadar achei que fosse morrer”, disse ela.

Ao portal Folha do Vale, os agentes disseram que foram acionados pelos guardas depois que eles ouviram gritos. “Era possível ouvir os gritos dela aqui na barreira sanitária,” comentou uma pessoa.

De acordo com o respectivo site, Vanrley foi preso em sua residência na madrugada desta quarta-feira (29), em Palmas de Monte Alto. No momento da prisão, ele negou que tenha saído de casa naquela noite. Sua esposa teria confirmado.

Vanrley foi apresentado no plantão da Delegacia Territorial de Guanambi, mas o flagrante deverá ser lavrado pelo Delegado titular de Carinhanha, Paulo Henrique de Oliveira, após ouvir Vanrley e a vítima.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui