Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 52 acidentes durante a Operação Independência 2020, realizada da sexta-feira, 4, até a segunda-feira, 7. Neste período, 10 pessoas morreram, enquanto 67 ficaram feridas. Os dados foram publicados nesta terça-feira, 8.

Conforme o balanço da PRF na Bahia, dos 52 acidentes notificados, 18 foram graves, quando resultam em, pelo menos, um óbito ou ferido gravemente.

De acordo com o órgão, em 2019, o feriado da Independência ocorreu durante o fim de semana, não havendo operação de feriado, portanto, não há dados comparativos do fim de semana prolongado de 2020.

Combate à Criminalidade

A Operação Independência 2020 retirou de circulação cerca de 450 quilos de maconha e 650 mil maços de cigarros contrabandeados. As apreensões, no total, alcançaram o valor de quase R$ 4 milhões, segundo o órgão.

Conforme o balanço, a apreensão de 450 quilos de maconha ocorreu na manhã de sábado, 5, em Luís Eduardo Magalhães. A droga estava no banco traseiro e porta-malas de um carro ocupado por um casal que saiu de Sorocaba (SP), com destino o oeste baiano. A ação causou um prejuízo de R$ 450 mil ao crime organizado, de acordo com a PRF.

Outra grande apreensão foi a de 650 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai. Uma apreensão ocorreu em um posto na BR-122, em Urandi, na madrugada do último domingo (6), quando foram localizados 250 mil maços de cigarro escondidos em uma carga de polvilho transportada por um caminhão.

A apreensão dos outros 400 mil maços foi registrada na noite de domingo, 6, no Km 830 da BR 116, trecho do município de Vitória da Conquista. O motorista do caminhão que transportava os pacotes disse que o carregamento foi realizado em São Paulo (SP) e tinha como destino cidades do interior do Nordeste. O suspeito já tinha passagem na polícia por contrabando. Segundo a polícia, as apreensões geraram prejuízo de R$ 3,25 milhões ao tráfico.

Ainda de acordo com o balanço, seis veículos com registro de roubo ou furto e quatro adulterados foram recuperados. No total, 28 pessoas foram detidas por diversos crimes. Nas ações ostensivas, a PRF na Bahia fiscalizou 1.529 mil veículos e 1.854 pessoas tiveram seus documentos consultados nos sistemas.

Foram flagradas 702 ultrapassagem proibidas. Dos 159 condutores submetidos ao teste do bafômetro, oito foram flagrados dirigindo sob efeito do álcool. Destes, três condutores foram detidos por embriaguez ao volante e foram encaminhados à Delegacia de Polícia para responderem criminalmente. Eles também tiveram suas carteiras de motorista recolhidas.

Nas fiscalizações, a PRF também emitiu 69 autos de infração para motociclistas ou passageiro sem capacete e sete motoristas foram flagrados trafegando manuseando o aparelho celular. Quando o alvo das fiscalizações foi o condutor ou passageiro sem cinto de segurança, 122 autos foram emitidos.

Foram também retiradas de circulação mais de 6,3 toneladas de excesso de peso das rodovias. O peso acima do permitido sobrecarrega os sistemas de suspensão e freios, oferecendo riscos ao motorista e aos usuários da rodovia, e ainda danifica o pavimento asfáltico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui