Anúncio

Tiago Marques | Informações João Roberto Teixeira – IGuanambi

No último dia 27 de julho, oficiais da Justiça Federal de Guanambi cumpriram o mandado de reintegração de posse expedido pelo MM. Juiz Federal de Guanambi em face à ação movida pela Caixa Econômica Federal, contra a Sra. Andaluzia Moreira de Souza. Trata-se de imóvel concedido a referida pessoa, através do programa Minha Casa Minha Vida. A alegação é de que a beneficiária burlou o programa, não usando o imóvel da forma prevista no contrato.

Exitem ainda outras 34 ações de reintegração de posse movidas pela Caixa em Guanambi, todas motivadas por irregularidades, como residências alugadas, vendidas ou cedidas. Essas ações aguardam despacho da Justiça Federal. As residências que forem reintegradas a Caixa voltarão par o Minha Casa Minha Vida, onde serão direcionadas para famílias que atendam os requisitos do programa e aguardam pelo benefício.

Em Guanambi já foram entregues 2000 residências através do programa, outras 300 estão em construção. A Caixa Econômica Federal está atenta ao uso irregular das residências por parte dos beneficiários.

62f169868a32da065b0a684b4f7037d3

despacho

 

 

 

Anúncio

um comentários

  1. e diga-se de passagem que não é só casas vendidas ou alugadas e cedidas como foi colocado aqui! existe muitas que estão com pessoas que tem casas próprias e até fazendas! se for fiscalizar vão ver que estas casas estão no nome da esposa ou companheiras, e são pessoas que não tem necessidade deste beneficio enquanto varias familhas que realmente necessitam não foram contemplados! se vão corrigir que seja feita justiça para todos, pegar de volta as que estão com familhas que não tem necessidade e dar a quem realmente precisa!!!!

Deixe uma resposta