Magal Santos

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE), votou por unanimidade nesta quarta-feira (24/02) pela improcedência total do processo de cassação do prefeito José Barreira de Alencar Filho (PSB), sua vice-prefeita, Maria de Fátima Silveira de Oliveira (PCdoB) e dos vereadores Arual Rachid Fernandes Santos (PSB), Zacarias Fernandes Nogueira (PCdoB), Mário Rebouças (PCdoB), Álvaro Montenegro Cerqueira de Oliveira (PR), Cláudio Borges (PSB) e do suplente Marcílio Teixeira Alves (PSB).
O TRE derrubou a decisão inicial proferida pelo juiz substituto da 63ª Zona Eleitoral, Genivaldo Alves Guimarães. Na decisão unanima, ficou constatado que não foram encontrados indícios ou provas de abuso de poder econômico e captação de sufrágio.

O Procurador do Município, Dr. Élcio Dourado afirma que a verdade prevaleceu. “Em nenhum momento duvidei do resultado positivo. E nós tivemos, inclusive, o voto favorável do Procurador Eleitoral do Estado”, explicou Dr. Élcio.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui