Reprodução

O município de Palmas de Monte Alto registrou o primeiro óbito em decorrência da Covid-19. A informação foi repassada em nota pela secretaria de Saúde do município nesta quinta-feira (16).

Segundo a pasta, a vítima é um homem com idade entre 40 e 49 anos, que de acordo com familiares, sofria de problemas respiratórios. Ele deu entrada na última segunda-feira (13) no Hospital Municipal Milton Faria Dias Laranjeira e veio a óbito pouco tempo depois.

Nota da Prefeitura de Palmas de Monte Alto sobre óbito por Covid-19

A coleta do material para envio ao Lacen/BA ocorreu após a morte e o resultado do exame foi informado à secretaria municipal na manhã desta quinta-feira.

O último boletim da prefeitura de Palmas de Monte Alto registrava 26 casos confirmados da Covid-19 até 20h10 deste quarta-feira (15). O município tem 21 pacientes considerados recuperados da doença e outros 5 permanecem com o vírus ativo. Seis exames laboratórias aguardava resultado das análises.

Fonte: Prefeitura de Palmas de Monte Alto

Os primeiros casos de coronavírus foram confirmados em Palmas de Monte Alto em 1º de junho, após funcionários de uma empresa que executa obras de energia elétrica passarem por testagem. A prefeitura chegou a determinar a suspensão das obras no município para conter o avanço da doença. No último sábado, quatro pessoas da mesma família testaram positivo para o vírus.

Palmas de Monte Alto é o sexto município da Região de Guanambi a registrar óbito em decorrência da Covid-19. Os outros registros aconteceram em Caetité, Carinhanha, Igaporã, Malhada e Urandi (2).

A região vive um momento de apreensão por conta do avanço da doença nas últimas semanas, a maior preocupação é referente a um eminente colapso no sistema de saúde. Segundo o último balanco da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), apenas dois leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão disponíveis para o tratamento da Covid-19 em Vitória da Conquista.

O Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGV) e o Hospital São Vicente de Paula estão com 100% da capacidade ocupada, no Hospital das Clínicas ainda há duas vagas.

Dos 50 leitos disponíveis, 48 estão ocupados. Esses leitos são para atendimento de pacientes de 74 municípios do Núcleo Regional de Saúde do Sudoeste e juntos possuem 1,8 milhão de habitantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui