Tauan Montalvão | Agência Sertão

Atendendo a um Termo de Ajustamento de Conduta (Tac) firmado com o Ministério Público (MP-BA), a Prefeitura de Guanambi, através das Secretarias de Infraestrutura, Agricultura e Meio Ambiente, está controlando a entrada e saída de pessoas do Lixão no município.

A medida passou a valer a partir desta quarta-feira (8), por meio de um comunicado, via Assessoria de Comunicação (Ascom). Diante disso, a Ascom informou que não será permitida a presença de pessoas não autorizadas no local, em especial catadores.

Segundo a Ascom, a Prefeitura tem um convênio com a Cooperativa de Trabalho dos Agentes Ecológicos de Guanambi (COOTAEG) e as famílias que buscavam materiais recicláveis no lixão não ficarão desassistidas.

Ainda de acordo com a Assessoria, algumas famílias por insistência continuavam no local e estavam sujeitas a doenças e a materiais perfurocortantes. Essa perspectiva levou o MP a exigir que a Prefeitura não permitisse mais o manuseio ao lixo por essas pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui